terça-feira, 19 de maio de 2009

Paul Poiret

Segundo a maioria dos historiadores, Paul Poiret foi responsável por libertar a mulher do espartilho e ampliar a forma de suas roupas, dando assim mais liberdade aos movimentos femininos. Muitos de seus modelos tinham inspiração nos quimonos japoneses.

Foi também o responsável pelo corte império e pela fusão da arte com o mundo da moda.
Poiret chamou diversos nomes da arte em voga na época para que criassem estampas exclusivas a seus modelos. A partir dele, a profissão de costureiro, ainda que timidamente, ganhou novo status, passando a ser quem cria uma moda e não apenas quem reproduz uma roupa.

Foi visionário ao criar o perfume “Rosine”, ligando-o assim à sua maison e ao seu nome, objetos de decoração, acessórios, entre outros. Compreendeu a ligação entre roupa e perfume, fazendo com que esses fossem uma extensão um do outro, o que mais tarde, no final do século XX seria uma estratégia usada pelos estilistas da alta costura para manter financeiramente suas maisons.




















2 comentários:

Lauren - Moda Trash disse...

Poiret foi um gênio na Moda.
Ele tbm inventou o desfile e o 1º a ter influências com o balé russo.
Mas acabou morrendo numa merda fudida e esquecido logo depois da 1ª guerra. Hj, conta-se aos dedos quem o conheçe.
Mr. Poiret entra no grupo de Vionnet. É uma pena.
bjokasssssss

Neotenia disse...

Puxa... Interessante saber essas coisas... ADOREI!