quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

A arte de vestir a crinolina

Na década de 1840, a crinolina era uma pequena anquinha feita de crina de cavalo trançada que proporcionava volume às saias. Durante 1850, surgiu a crinolina de armação, feita de arcos de aço, para conferir ainda mais volume. Ela produzia saias extraordinariamente rodadas. O estilo foi divulgado pela imperatriz Eugênia, e as mulheres européias seguiram-na.













Imagens Daqui

Texto Daqui

4 comentários:

Andrea Guim disse...

Oi, Maria! Bom Dia!
Que loucura isso! Ainda bem que acabou essa moda de doidas!

Srta.Formiga disse...

Senhor, livrai-me!rs

azuki disse...

Vixe, muuuita função!! mais difícil do que vestir kimono,rsrs.

Laurene Veras disse...

Mil e uma utilidades, com uma vela acesa embaixo da saia virava um abajur... :-p